Netflix anuncia série sobre o Spotify

É isso mesmo! Vai ter série sim, contando a história da queridinha das plataformas de streamings, o Spotify!

A Netflix anunciou que vai lançar uma série (ainda sem título) sobre a história do Spotify inspirada no livro “Spotify Untold”, escrito pelos jornalistas suecos Sven Carlsson e Jonas Leijohufvud.

A série será produzida pela Yellow Bird UK (uma divisão do grupo pan-europeu Banijay) em inglês e sueco sem data prevista para lançamento. A série contará como os cofundadores do Spotify, Daniel Ek e Martin Lorentzon, iniciaram e alcançaram o sucesso da plataforma em um período em que a pirataria musical online estava no auge.

“É a história de como uma pequena banda de especialistas da indústria de tecnologia sueca transformou a música – como a ouvimos e como é feita – é realmente um conto para o nosso tempo”, disse Berna Levin, produtora executiva do projeto ao The Hollywood Reporter.

O Spotify foi fundado oficialmente em 2008, em um período que muitos previam o fim da indústria musical por conta da pirataria foi revolucionado e hoje é uma das plataformas mais populares e usadas do mundo. Mas ele só chegou ao Brasil em 2014, claro que a gente acompanhou, testou e utilizou o serviço desde então quando muitos ainda duvidavam da potência da plataforma.

Porém ainda hoje existem conflitos quanto ao pagamento dos royalties devidos aos artistas, muitos deles reclamam que apenas as plataformas de streaming estão ganhando dinheiro. No final do ano passado, ao divulgar o Wrapped do ano, o Spotify foi muito criticado por inúmeros artistas que se recusaram, segundo eles, a fazerem campanha gratuita para a plataforma, já que muitos desses artistas comemoravam milhões de execuções na plataforma, mas nenhum dinheiro na conta pago pela mesma.

Crítica levantada por artistas grandes como Taylor Swift logo que no começo da plataforma, para quem não lembra, Taylor havia tirado todo o seu catálogo da plataforma e voltou no lançamento do seu último álbum de estúdio, provavelmente depois de algum acordo melhor com o Spotify. Pelo visto o pagamento não é feito de forma igual entre todos os artistas, o que tem gerado revolta no meio.

Estamos no mínimo curiosos para saber o que a série vai apresentar e qual será a reação do mercado, principalmente dos artistas. Vamos ver!